O que a criança realmente quer, carinho, dedicação, ter dinheiro não importa, não é difícil

Por muitas vezes queremos agradar nossos filhos e compramos presentes caros, fazemos de tudo e o resultado por muitas vezes é decepcionante ou dura poucos minutos ( enquanto o brinquedo está inteiro) acho que você já viveu isso.

Isso acontece em grande parte das famílias, que na correria do dia-a-dia, preocupam-se mais com o compensar a sua ausência, comprando o carinho, o sorriso dos filhos em troca de sua paz de espírito e sentimento de missão cumprida.

O problema não está na sua atitude ou intenção, pois nos dias de hoje está cada vez mais difícil prover o sustento da família em todos os sentidos e isso nos leva o que o consumismo promete, “compre o carinho e respeito de seus filhos” ou “é isso que seu filho quer!”

Creio que estamos invertendo as coisas, pois as propagandas falam, mas quem decide somos nós, então vamos refletir juntos…

ONGs para Crianças

O que a criança realmente quer ?

O que a criança realmente quer é o carinho e a atenção dos pais ou de quem está cuidando delas naquele momento. A dedicação dispensada, em seu entendimento, demonstra carinho, sentimento bom, que podemos traduzir como amor.

Carinho todos nós gostamos, pois geralmente é a primeira manifestação de amor que recebemos assim que chegamos no mundo, por isso, sempre associamos carinho como um aconchego, um porto seguro que por muitas vezes nos faltam, nos deixam depressivos e um simples gesto de atenção, de afago, nos supre dessa carência que o ser humano tem.

Ter dinheiro para garantir o estudo, suprir às necessidades básicas de uma criança sem dúvida é uma questão que todo pai ou mãe busca suprir e tem como responsabilidade inerente do ser humano para que cuide de sua prole.

Por isso e por muitas vezes, deixam de dar o que é mais essencial para a criança que é a sua atenção, pois se dedica apenas para a sobrevivência da criança. Só que somos seres mais complexos do que somente comer e beber, por isso, acabamos não suprindo algumas necessidades básicas desse ser pequenino que por muitas vezes só quer um abraço.

A falta do vil metal, atrapalha muitas pessoas que acabam se escorando nesse fato como o motivo pelo qual deixa de dar a devida atenção e dedicação para a “pessoinha amada” e essa falta acaba trazendo para ela a sensação de incopetência, impotência e até incapacidade de cuidar de uma criança

Como sair desse ciclo vicioso

Pois bem, NÃO É DIFÍCIL como desenhamos, as necessidades são muito mais simples do que nossa mente tenta complicar.

Como disse no início, simples ações como , um abraço, dar atenção, dedicação por alguns momentos que sejam, já agradam e suprem essa carência inical de afeto !

E o melhor, Você será recompensado por isso!

Veja, ir ao parque, brincar com água, brincar de xadrez, desenhar, brincar de carrinho, andar de bicicleta, brincar de pique esconde ou simplesmente correr !

Creio que nem dinheiro te impediria de fazer essas brincadeiras não é ?

Ir ao shopping, dar vídeo games, são brincadeiras mais caras e podem ser substituidas de vez em quando por abraços, contar histórias, deitar a cabeça da criança na sua barriga para escutar o “bicho da fome” roncando…

Não é o dinheiro, é a sua atenção !

Pensando nisso tudo que falei acima, escrevi um ebook, passando dicas que trazem para você algumas dicas, um roteiro com 15 DICAS PARA GARANTIR um Dia Com As Crianças Feliz e ECONOMIZANDO para ajudar você a encontrar nas ações simples, o sorriso das crianças que estavam adormecidas e você nem lembrava como resgatar.

Espero que tenha gostado de mais essa dica de como reconquistar a sua paz.
Até mais!

Pin It on Pinterest

Shares
Share This